Às vezes, você come um pouquinho aqui, mais um tanto ali e a vontade de ingerir outros alimentos só vai crescendo, não é mesmo? É como se a fome estivesse presente o tempo todo.

O resultado disso não é nem um pouco benéfico. Pelo contrário: tal hábito é altamente prejudicial, uma vez que eleva o consumo de calorias diárias. Portanto, é preciso detectar o motivo pelo qual você não consegue se sentir satisfeito com as refeições e verificar se a sua alimentação está balanceada.

É nesse cenário que entra a importância de inserir na dieta alimentos que aumentam a saciedade, tornando o seu regime alimentar mais equilibrado e fazendo com que você mantenha hábitos mais saudáveis. Quer conhecer algumas opções? Continue a leitura!

1. Batata-doce

A batata-doce é uma forte aliada para aqueles que buscam algo saudável e que mate a fome de verdade. O motivo é simples: ela é rica em fibras, característica que faz com que o alimento seja processado de forma mais lenta, isso é, dure mais tempo no estômago.

É importante destacar que, para ter o efeito desejado, a batata-doce deve ser apenas fervida. Evite consumi-la em outras formas, como frita ou chips, pois isso aumenta (e muito!) as calorias. Para animá-lo, saiba que tal alimento tem a capacidade de ampliar em até 3 vezes a média de tempo de saciedade quando comparado a outros.

2. Feijão

Item quase fixo no cardápio do brasileiro, o feijão segue a mesma linha da batata-doce, já que possui uma boa quantidade de fibras. Mas não é só isso. O alimento também é fonte de carboidratos complexos e antioxidantes — então, não pense duas vezes antes de mantê-lo no menu.

Mas tome cuidado: o fato de ser saudável não significa que você deva consumi-lo em excesso. Afinal, nada em exagero faz bem, não é mesmo? Vale ressaltar que, assim como o feijão, o grão-de-bico e as lentilhas são ótimas pedidas.

3. Melancia

Depois do almoço, surge aquela vontade danada de comer algo doce. Mas quem disse que é preciso se esbaldar com uma sobremesa extremamente calórica? Na verdade, existem opções leves e que reduzem a sensação de fome.

A melancia, por exemplo, é bem docinha e contribui para uma dieta mais equilibrada. Quer uma prova? Então, tenha em mente que 100 gramas da fruta têm, em média, apenas 25 calorias. Além do mais, ela é capaz de hidratar o corpo e contém licopeno, substância antioxidante que previne o envelhecimento precoce.

4. Kiwi

Com um sabor inconfundível, o kiwi também está na seleta lista de frutas capazes de proporcionar uma sensação de saciedade. De origem chinesa, ele é rico em vitaminas E, C e B — isso sem falar da quantidade de fibras que contém (característica comum nas frutas).

Ainda tem mais: o kiwi é conhecido por auxiliar no controle do colesterol ruim. Vale ressaltar também que ele tem niacina, potássio e magnésio em sua composição.

Com certeza, você também já reparou que essa é uma das poucas frutas que possui a cor verde depois de madura. E a causa disso é o excesso de clorofila, que é sinônimo de mais proteínas.

5. Saladas

Pode parecer mentira, mas o fato é que as pessoas que têm o hábito de comer a salada primeiramente para depois saborear o prato principal conseguem se sentir saciadas com mais facilidade. Inclusive, essa estratégia ajuda a reduzir o número de calorias ingeridas no decorrer do dia.

Portanto, vale a pena preparar uma salada bem diversificada, deixando o prato ainda mais apetitoso e saudável. Não se esqueça de colocar cenoura, pois sua textura firme faz com que seja necessário mastigar mais vezes. O resultado? O cérebro acha que você está consumindo uma quantidade expressiva de comida. Logo, você comerá menos.

6. Ovo

Alimento queridinho no Brasil, o ovo tem inúmeros benefícios, sendo que um deles é a capacidade de proporcionar mais saciedade. Com a quantidade considerável de proteínas, o organismo demora um tempo prolongado para realizar sua digestão, fator que diminui a fome.

Por isso, insira-o na refeição — desde que moderadamente. Uma boa ideia é consumi-lo no café da manhã ou no almoço, priorizando um método de preparo mais saudável, como o cozimento.

7. Pão integral

Que tal substituir o pão branco pelo integral? Essa troca será extremamente vantajosa, já que a segunda opção vai deixá-lo satisfeito por um tempo maior.

O pão integral é rico em fibras, o que — como já dito — evita que a fome volte logo. Além do mais, esse nutriente é responsável por manter os índices de açúcar no sangue balanceados, fator que torna todo o processo de digestão mais equilibrado.

8. Abacaxi

Não há como falar em alimentos que dão mais saciedade sem citar o abacaxi. Rica em fibras, a fruta exige mais esforço do estômago para fazer a digestão. O resultado disso é a sensação mais rápida de satisfação, reduzindo, portanto, o apetite.

Pensa que é só? Saiba, então, que o abacaxi também tem minerais e vitaminais que auxiliam no equilíbrio do organismo — o que, por si, só já é uma grande vantagem.

9. Chá de ervas

Beber chá é uma boa ideia para camuflar a fome. Para ter o efeito esperado, prepare-o sem açúcar e tome-o bem antes das refeições.

Lembre-se de que cada tipo de chá possui uma particularidade. O verde, por exemplo, ajuda a acelerar o metabolismo, enquanto o de cravo e canela reduz a vontade de doces. Já o chá de capim-cidreira diminui a compulsão por comida.

10. Barra de cereais

Conhecida principalmente no universo fitness, as barrinhas de cereais são ótimas alternativas para driblar a fome, contribuindo com o melhor funcionamento do intestino. Mas é importante ressaltar que nem todas as barras são benéficas. Evite, por exemplo, as que contêm chocolate (normalmente, elas são carregadas de açúcar).

Em contrapartida, aquelas que possuem castanhas, aveia e frutas secas são opções bem atrativas. Afinal, são capazes de diminuir a fome, além de proporcionar mais energia para lidar com as inúmeras atividades do dia a dia.

Pode apostar: ao atrelar uma dieta diversificada e equilibrada à prática de exercícios físicos, você terá uma vida mais harmoniosa e se sentirá mais realizado.

Agora que você já sabe quais são os alimentos que aumentam a saciedade, que tal entender o que são carboidratos simples e complexos? Até a próxima!

0 96