Depois de dedicar muitos anos de trabalho a uma empresa, você decidiu que é o momento de mudar o rumo de sua vida e abrir o seu próprio negócio. Muitas pessoas possuem esse desejo, mas, na hora de tirar as ideias do papel, têm dificuldades.

Abrir um empreendimento não é tarefa fácil, e exige muita pesquisa, tempo, dedicação e, principalmente, vontade. Diversas ações podem ser tomadas para trazer mais segurança ao negócio e, consequentemente, uma maior probabilidade de retorno financeiro.

Provavelmente, você já deve ter anotado diferentes conceitos e traçado planos. Mas, para ajudar no desenvolvimento, criamos este post com 5 passos que você precisa dar para tirar ideias do papel e começar o seu novo negócio. Acompanhe!

1. Elabore um plano de negócios

O primeiro passo, antes de tirar ideias do papel, é organizá-las. Criar um plano de negócios é fundamental para quem deseja iniciar o seu próprio empreendimento. Nele, são listados todos os objetivos do negócio e as informações relacionadas a ele. A finalidade principal é diminuir os riscos do empreendedor, por isso, o plano deve ser bem detalhado, contendo o máximo de informações possíveis.

Alguns itens são indispensáveis na elaboração de um bom plano de negócios. Confira alguns deles:

  • dados gerais da empresa, como nome fantasia, localização e número de funcionários;
  • estrutura legal;
  • aspectos legais e tributários;
  • infraestrutura;
  • serviços ou produtos oferecidos;
  • análise do mercado e da concorrência;
  • segmentação e público-alvo;
  • análise das forças e fraquezas do mercado;
  • estrutura organizacional;
  • investimento inicial;
  • plano financeiro;
  • análise de retorno do investimento.

2. Faça uma pesquisa de mercado

Analisar o mercado é uma tarefa muito importante para quem deseja dar os primeiros passos como empreendedor. É preciso saber que empresas prestam o mesmo serviço ou vendem o mesmo produto que você deseja investir. A partir disso, é possível pensar em diferentes estratégias para se destacar.

Ou seja, criar algum diferencial que fará com que os clientes prefiram o seu negócio no lugar dos outros que eles já conhecem e estão acostumados. Entrar em um mercado já em andamento e fazer com que os clientes mudem de empresa para utilizar o seu serviço ou comprar o seu produto não é fácil. É preciso que eles estejam convencidos que você tem algum diferencial a oferecer.

Normalmente, mesmo que estejam um pouco insatisfeitas, as pessoas acabam se acomodando. Além de criar diferenciais para se destacar da concorrência, outro ponto importante é descobrir quais as organizações podem ser parceiras, ou seja, quais são os ramos de negócio que podem atuar junto com você.

Se o seu negócio for academia, por exemplo, é possível pensar em alguma empresa de nutrição para oferecer uma opção de serviço completa ao cliente.

3. Estabeleça metas

Definir metas a serem seguidas é uma excelente maneira de colocar em prática todas as ideias que estão desenhadas no papel. Crie um cronograma de objetivos semanais que devem ser vencidos. Para ajudar, especifique ao lado deles quais os passos que precisam ser dados para que as metas se concretizem.

Nessa parte, é muito importante ser realista. Traçar metas que não possam ser atingidas pode gerar um descontentamento e atrapalhar a prática das ideias. Veja um exemplo de cronograma, para ajudar a você criar o seu:

  1. Primeira semana: estruturar as ideias que estão no papel e definir a ordem e o modo de como serão colocadas em prática;
  2. Segunda semana: fazer a análise do mercado e da concorrência;
  3. Terceira semana: analisar o plano financeiro;
  4. Quarta semana: realizar as demais pendências.

4. Aplique pesquisas

Conversar com os futuros clientes é muito importante para conseguir estruturar um bom negócio. Muitas vezes, as pessoas acham que sabem o que o mercado quer, contudo, na hora de colocar o plano em prática, percebem que não é nada daquilo que imaginavam. Fazer uma pesquisa de mercado é uma ação presente há muito tempo nos livros de teorias sobre abertura de negócio, e que, com certeza, traz resultado.

Para criar a pesquisa, tire do papel todas as ideias de serviços e negócios que você imaginou para a sua futura empresa. Depois, estruture um questionário com as perguntas mais relevantes que encontrar. Caso tenha mais pessoas envolvidas no negócio, considere fazer um brainstorm, que nada mais é, em português, do que uma tempestade de ideias.

Nesse momento, todos lançam suas ideias e o grupo define as principais questões a serem seguidas. Depois de estruturar o questionário, defina o público-alvo e aplique-o. Por exemplo: caso o seu negócio seja de bairro, direcione a pesquisa para os moradores do bairro onde a empresa provavelmente se localizará. Agora, se o público que se deseja atingir for mulheres de idade X a Y, aplique o questionário a elas.

Direcionar a pesquisa é a maneira correta para que os dados coletados sejam os mais realistas possíveis. De nada adianta entrevistar mulheres e pedir a opinião delas se o produto ou serviço oferecido, por exemplo, será estritamente masculino.

5. Mantenha-se motivado

Ao começar um negócio, surgem muitos empecilhos. Na prática, nem sempre as ações vão sair exatamente como o planejado no papel. Por isso, é muito importante estar sempre motivado.

Tenha em mente qual é o objetivo final e, sempre que alguma coisa não sair como o esperado, pense no que te levou até o lugar onde está e qual é o plano final. Se for preciso, anote frases de motivação, veja filmes, leia livros e inspire-se em exemplos de sucesso.

Como já vimos, abrir o próprio negócio exige muitas ideias no papel e muita ação para fazer com que elas aconteçam. Apesar do medo que o investimento não seja seguro, ou que alguma coisa não dê certo, a vontade de não ser mais subordinado a ninguém, alcançar uma independência financeira, investir e trabalhar com o que realmente gosta são grandes motivações para que o trabalhador vire empreendedor.

E aí, gostou do nosso post? Agora que você já sabe como tirar ideias do papel, e está pronto para começar a colocar em prática tudo o que foi planejado, baixe o nosso e-book O guia do empreendedor de sucesso e aprenda muito mais!

0 23