O profissional de hoje é atarefado por natureza. É quase impossível não conhecer alguém que vive se desdobrando para cumprir a jornada de trabalho e arrumar tempo para cuidar de si e da família. Manter esse equilíbrio entre vida pessoal e profissional não é nada fácil.

Pensando nisso, reunimos 8 dicas para gerir melhor as duas áreas da sua vida sem abrir mão de nenhuma delas. Confira!

1. Organize-se

Para uma vida mais equilibrada, é importante ter um planejamento. Por isso, todos os dias, mantenha uma lista de demandas diárias e defina um horário para realizá-las.

Se você trabalha das 9h às 17h use, exclusivamente, esse período para realizar todas as atividades profissionais. Evite acessar redes sociais ou largar tudo para levar o carro para a oficina, por exemplo.

O mesmo vale para as horas de lazer ou de descanso. Quando estiver em casa, nada de responder e-mails ou fazer ligações para clientes.

Desorganização é uma das maiores vilãs para quem precisa conciliar vida pessoal e profissional. Se as tarefas profissionais se acumulam, será comum levar trabalho para casa. E vice-versa.

2. Defina prioridades

Em alguns dias, ou épocas da vida, é quase impossível dar conta de tudo. Para lidar com isso é preciso estabelecer prioridades. O primeiro passo é começar a diferenciar o que é urgente do que é importante.

Se uma tarefa precisa ser entregue amanhã, por exemplo, ela é urgente. Se compromete a sua saúde ou bem-estar também é. Então, priorize-as.

Existem diversos métodos que podem te ajudar a categorizar a sua lista de atividades e realizá-las de maneira satisfatória, como: SMART, Personal Kanban, GTD, The Action Method ou “Must, Should, Want”. Encontre o que melhor se adapta a sua realidade e torne-se dono do seu tempo.

3. Otimize as primeiras horas do seu dia

Você já percebeu que a maneira como começamos o dia define como será o resto dele? Gastar as primeiras horas da manhã de forma produtiva pode te ajudar a construir uma vida mais equilibrada em todos os âmbitos.

Dentre as tarefas que podem otimizar essas horas estão:

Levantar cedo

De acordo com pesquisa da Forbes, feita com alguns dos maiores CEO’s e políticos do mundo, levantar cedo é uma característica comum entre eles. Margaret Thatcher e Robert Iger, CEO da Disney, são alguns dos exemplos

Acordar antes do despertador tocar é um hábito que pode afetar a sua rotina positivamente. Afinal, terá a sensação de que o seu dia está rendendo mais e se sentirá mais motivado e produtivo ao longo dele. Experimente!

Fazer exercícios físicos

A frase “mente sã, corpo são” nunca fez tanto sentido. Vivemos tão hiperconectados e sobrecarregados de trabalho que os cuidados com a saúde nunca foram tão necessários.

Apenas vinte a quarenta minutos de exercícios físicos, durante três vezes por semana, podem ativar a sua memória, reduzir o estresse e melhorar a qualidade do sono. Também é importante se alimentar bem e beber bastante água durante o dia.

Visualizar o resto do dia

Nos preocupamos tanto com tudo, que é comum nos esquecermos dos nossos sonhos e projetos pessoais. A manhã é o momento perfeito para passar algum tempo visualizando o que você espera para aquele dia e renovando seus planos para o futuro.

Por isso, mesmo que por apenas cinco minutos, mantenha um pensamento positivo, medite ou reflita sobre o que espera daqui para frente. Essas práticas podem melhorar muito o seu humor e dar mais força para enfrentar a carga de trabalho do dia.

Fazer atividades junto com a família

Trabalho não é a única coisa que move a sua vida, por isso também dedique tempo para a família ou amigos que moram com você. A principal atividade matinal do presidente Barack Obama, por exemplo, é tomar café com a mulher e as filhas.

Sentar à mesa juntos, conversar sobre o dia anterior, corrigir a atividade da escola dos filhos são formas de aproveitar as primeiras horas do dia com aqueles que você ama. Podem parecer coisas pequenas, mas fazem a diferença na vida. Dê atenção a elas!

4. Faça um “detox” do que leva seu tempo

Um dos principais problemas de quem não consegue conciliar vida pessoal e profissional é o que chamamos de “falta de tempo”. Mas sejamos sinceros, realmente não temos tempo ou só procrastinamos aquilo que é importante?

Quando não queremos fazer algo qualquer entretenimento pode nos distrair: as redes sociais, a Netflix, os programas de TV, os blogs. E é aí que mora o problema.

Mesmo que você tenha um perfil multitarefa, vai ser difícil se concentrar inteiramente em algo fazendo mil coisas de uma vez, principalmente se elas são apenas distrações. Por isso faça um detox do que leva o seu tempo.

Se durante o trabalho o seu telefone não para de tocar, coloque o celular no modo avião. Se não consegue se concentrar em projetos pessoais porque está sempre conectado, use bloqueadores de sites. Essas pequenas atitudes farão grande diferença no fim do dia.

5. Tenha um trabalho condizente com seus ideais

Se você tem um emprego que te faz trabalhar de dez a doze horas por dia, é preciso ser realista: vai ser muito difícil equilibrar qualquer área da sua vida.

Em vez de se prender a algo que te faz infeliz, saia da sua zona de conforto e comece a pensar em atividades mais prazerosas — que te permitam ter uma carreira de sucesso, sem comprometer a sua vida pessoal.

Busque histórias parecidas com a sua, comece a pesquisar outras vagas, experimente novas modalidades de trabalho — como à distância, volte a se capacitar ou contrate o trabalho de um coaching. Essas práticas podem te ajudar a encontrar algo que combine mais com a vida que você quer ter.

6. Delegue tarefas

Carregar o peso do mundo nas costas pode atrapalhar muito o seu desejo de conciliar vida profissional e pessoal, por isso, não tenha medo de delegar responsabilidades.

Como líder, você pode compartilhar tarefas com a equipe e automatizar atividades burocráticas. Já em casa, pode incentivar os filhos a ajudarem nos afazeres domésticos. E assim por diante.

Parece pouco, mas com o passar do tempo você começará a perceber uma grande diferença no seu dia: mais tempo para cuidar de si mesmo e evitar a exaustão — que compromete tanto a sua saúde física e mental.

7. Estabeleça limites

Assim como é importante delegar tarefas, também é preciso aprender a dizer “não”. Para o colega do escritório que te enche de tarefas além da sua responsabilidade, para um chefe que estende jornadas de trabalho, para um vizinho que não cansa de visitas fora de hora, e até para você mesmo.

É importante estabelecer limites sobre aquilo que prejudica a sua vida pessoal e saber fazer escolhas coerentes. Não se culpe por isso. Ninguém precisa ser um super-homem o tempo todo.

8. Dedique-se a atividades que te dão prazer

Dedicar-se a tarefas que realmente te dão prazer é essencial para encontrar equilíbrio entre a vida profissional e pessoal. Por isso, a desculpa de não haver tempo para os projetos pessoais não deve fazer parte do seu vocabulário.

Encontre um novo hobby ou recomece um que foi deixado de lado, capacite-se, leia mais, faça um trabalho voluntário ou qualquer outra atividade que te dê prazer.

São elas que te fazem feliz como indivíduo, não como chefe, pai ou marido. E acredite: sem estar bem consigo mesmo, você não será bem-sucedido em nenhuma dessas funções.

E você, como costuma conciliar sua vida profissional e pessoal? Têm outras dicas que possam complementar este post? Compartilha com a gente aqui nos comentários!

0 55